Amor, humor e dor no Natal

Assim como o Velho Oeste, o período do Natal rende sempre muitas histórias para filmes. O deserto dos cowboys se transforma em ruas cheias de neve e famílias cantando músicas natalinas. E pronto; e…

Morcego nos cinemas

Ao deixar uma sessão de cinema acompanhado de seus pais, o jovem Bruce Wayne encontra a face mais violenta da realidade. Assim, o assassinato de Thomas e Martha Wayne, talvez apenas mais um crime p…

Para Philip K. Dick

Philip K. Dick morreu em 2 de março de 1982, aos 53 anos de idade. Provavelmente um dos maiores escritores do séc. XX, em 17 de fevereiro daquele ano, logo após conceder uma entrevista, ligou para …

Super-heróis do início ao fim

Momentos indispensáveis de todo e qualquer Universo (com seus muitos versos e versões) são, evidentemente, os mais singulares, quais o início e o fim. A criação do universo de uma editora de quadri…

Homem irracional

Pense na vida. Você é criança, cresce, faz um monte de merda, torna-se adulto. Ou melhor, torna-se adulto e então faz um monte de merda. Bem, é um conceito complexo para iniciantes. Não é pra qualq…

Chiquinha Gonzaga versus Sociedade

Estivesse você na Europa nos idos da primeira década do século XX, teria a chance de conferir o talento da musicista brasileira Chiquinha Gonzaga, que por lá realizava uma série de apresentações. O…

Gente como a gente

Robert Redford é um dos mais celebrados e respeitados atores norte-americanos. Embora, nas últimas décadas, seja mais lembrado pela interpretação do milionário que oferece uma pequena fortuna para …

Um Nobel para Bob Dylan

É meio como quando a gente está assistindo à Copa do Mundo, acompanhando as seleções e dizendo coisas sensatas e bem fundamentadas como “Esse time da Alemanha está muito bem entrosado” ou “Belo esq…

Bob Dylan e o desencanto encantador

Se Elvis Presley encarnou o sentimento do rock’n’roll, coube a Bob Dylan celebrar sua consciência. E isto é ainda mais significativo quando os Beatles faziam o mundo inteiro dançar ao som de música…