Tecnologia

Civilization VI e os profundos desejos da humanidade

20161020-civilization-vi
Comentários (6)
  1. Tiago Masutti disse:

    Tem o Putin montado num urso?

  2. Mauricio Comini disse:

    Como é bom saber que não estava sozinho quando me fascinei por este game. Sempre senti que ele refletia muito mais do que um bom simulador estratégico. Ele desperta um fascínio muito peculiar, e, entre outras coisas, longos momentos introspecção. :)

    ….E que porcaria quando vi q ñ tenho máquina pra rodar legal essa versão,

    1. Angelo R. Biléssimo disse:

      Ainda não tentei jogar o VI, pra ser sincero. Mas, na verdade, acabo sempre jogando o CivII. Acho que é o que melhor equilibra arcade e simulação…

      1. M. Comini disse:

        po, eu comecei nessse tb, mas as últimas vezes que joguei foi naquela nossa época de colégio! Daí nunca mais. Há alguns anos atrás, voltei a jogar,´comprando o 5, que te garanto que é bem melhor que o dois…. por mais que lembre o quanto é bem feitinho aquele CivII. Vc já viu o fator religião agora como é?.vc ia curtir: uma das linhas de deenvolvimento, além da tecnologia, é o rumo religioso que tua nação irá tomar…. vc funda uma religião, e uma vez escolhida, não pode ser alterada… tipo, podes ser a alemanha e fundar o isla, kkkk, e isso tem diversos reflexos para a jogabilidade da civ q vc escolheu e para vários aspectos do game…tipo, tem tropas que se tua religião for forte ela ganha mais bonus em combate, p.ex.. bem interessante. 😉

        1. M.Comini disse:

          obs. desconsidere a gritante redundância temporal :)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *